O que realmente te faz torcedor!

Texto: Alana Katrine

Você não é menos torcedor porque não vai aos estádios. Você não é menos torcedor porque não pode comprar uma camisa do time sempre que quer. Você não é menos torcedor porque não pode viajar para acompanhar aos jogos em outras cidades. Você não é menos torcedor pela sua condição financeira, e sim, pelo seu fiel amor ao clube.

Sim, infelizmente existem pessoas que se consideram mais apaixonadas pelo seu time do que outras, simplesmente por esses fatores. Posso afirmar com toda certeza que eu sou alucinada pelo time que torço, visto o manto, sei o hino, comento escalação com amigos, estou presente em todos os momentos, sejam eles de vitórias ou derrotas. Mas eu nunca assisti meu time ao vivo em um estádio de futebol. Assisti a outros jogos, mas o tão sonhado jogo que eu quero, ainda não.

Isso me faz diferente de quem pode estar lá dentro? Alguns acham que sim, eu afirmo o contrário. O amor que eu sinto e que muitas outras pessoas também sentem não pode ser relacionado apenas a ir ao estádio, mas sim, com o fato de vestir a camisa. E não simplesmente no sentido real da palavra. Vestir a camisa do time é estar presente nas derrotas, nas eliminações frustrantes, é chorar de felicidade, é ir do inferno ao céu em questão de segundos.

Não deve existir comparação em ver seu tão amado clube do coração ao vivo, ali pertinho.  Deve ser uma sensação única, mas o amor de quem assiste em casa, no bar com os amigos, em um telão no centro da cidade, também não é diferente. Sabe, o futebol é tão incrível que mesmo não estando aonde existam quarenta mil torcedores, te faz conhecer novos amigos.

Então, não se importe se falam que seu amor pelo futebol ou pelo seu time é modinha ou mentira. Se preocupe em torcer e fazer seu papel de apoiadora e, às vezes até, de sofredora. Vibre, grite, pule, cante, chore. Só não desista! E aposto que, quando finalmente comparecer a um jogo no estádio, seu coração vai explodir de tanta felicidade. A felicidade em torcer você já conhece. Só aproveite! E lembre-se: você não é menos torcedor do que outros, por qualquer motivo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *