O queridinho do ano na Neftlix: “Para todos os garotos que já amei”

Texto: Beatriz Teixeira

A adaptação do primeiro livro da trilogia de Jenny Han, “Para todos os garotos que já amei”, é um dos filmes mais assistidos da plataforma. Já contabiliza mais de 80 milhões de visualizações segundo o último relatório de ganhos da Netflix. O filme conta a história de Lara Jean, interpretada por Lana Condor. Ela escreveu 5 cartas aos 5 garotos por quem já foi apaixonada, mas nunca as enviou. Agora, essas cartas foram parar na mão deles e se tornou o fenômeno entre o público do serviço de streaming.

O público vai dos que já conheciam a história por terem lido os livros até os que nunca tinham tido relação com a obra. Desde seu lançamento, é assunto constante em posts do Instagram, topics trends do Twitter, pauta para blogs e jornais online.

“Para todos os garotos que já amei” é o típico clichê adolescente: a mocinha se apaixona pelo garoto mais popular do colégio e, para ficarem juntos, há diversos empecilhos no caminho do casal, porém a história chama a atenção, pois, mesmo com esse enredo clichê tem suas peculiaridades, como por exemplo: a protagonista do filme é asiática (fato incomum para filmes americanos, onde a “mocinha” na maioria das vezes segue o padrão: branca, loira e de olhos azuis) e isso ganhou pontos com os admiradores da obra, já que no livro a personagem também é asiática.

Porém, como é de se esperar, nas adaptações de livros, temos os pontos ruins: há partes da obra escrita que não viraram cenas e alguns detalhes que não foram explorados da maneira certa, como, por exemplo, a cena (ALERTA SPOILER DO LIVRO) em que Lara Jean viaja para um local onde estão sendo vendidos móveis, objetos e roupas antigas e Peter tem que comprar cadeiras para o antiquário da mãe dele. Talvez essa seja a cena que os leitores do livro mais sentiram falta.

“Para Todos os Garotos que Já Amei” é o primeiro livro da trilogia. Em sequência tem: “P.S.: Ainda amo você” e “Para sempre Lara Jean”, e como tal espera-se que a produção original Netflix tenha continuação. Isso ainda não foi confirmado pela empresa de streaming, porém com o sucesso obtido em pouco mais de dois meses de lançamento, talvez ocorra, de fato, essa continuação. Os leitores e telespectadores esperam que isso seja verdade, pois Lara Jean e Peter Kavinsky tornaram-se os queridinhos da internet.

Foto de reprodução da Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *