Mostra de Responsabilidade Social: Corpo acadêmico da Unifanor Wyden se concentra na Praça Martins Dourado, Cocó, para promover serviços à comunidade

O evento aconteceu entre os dias 23 e 28, com o objetivo de dar mais visibilidade aos projetos de responsabilidade social realizados a longo de todo ano pela instituição

Foto: Reprodução/Unifanor

 

Na manhã de sábado (28), ao se aproximar da Praça Martins Dourado, no Cocó podia notar uma grande concentração de estudantes, professores e colaboradores. Era o último dia da Mostra de Responsabilidade Social 2019 realizada pelo Centro Universitário Unifanor Wyden com o tema “Indo bem fazendo o bem”. O propósito do evento era promover serviços e ações à comunidade, além de ser uma oportunidade para os alunos exercerem a prática de seus cursos e ampliarem a consciência social.

Ao centro da praça, as tendas montadas ofereciam serviços diferenciados para os interessados. Renato Moreira de Abrantes, coordenador do curso de direito da Unifanor, acompanhou os estudantes do curso para orientar e responder dúvidas relacionadas à vida judicial. Para ele, no que diz respeito ao Direito, os alunos trazem sua especialidade para ajudar a quem precisa e, para aqueles que necessitam além da orientação jurídica, é possível ter uma assistência mais aplicada. “Principalmente para aquelas pessoas que não têm condições financeiras de arcar com advogado particular, então a Instituição, através do curso, oferta para a população carente essa possibilidade de um acompanhamento jurídico mais aproximado, inclusive adentrando a seara judicial”, explicou.

Para os graduandos de direito Lina do Rêgo Maciel e Marcos Israel Cardoso, ambos cursando o terceiro semestre, o evento é uma oportunidade de exercer a função junto aos orientadores e tornar acessível ao público as pautas do universo jurídico. “Na universidade a gente tem contato com a teoria. Acredito que aqui a gente tem esse poder de praticar junto aos professores que podem nos orientar e assim ajudar futuramente nas funções que queremos galgar”, narra Marcos.

Os vizinhos que caminhavam pelos arredores do espaço público, aproximavam-se do aglomerado para participar das atividades e conversar com os prestadores. Um destes,

“A população precisa disso. As pessoas se esquecem que existem pessoas carentes ou desavisadas, então um dia como hoje traz alegria para a praça, porque fica encantadora com tantas pessoas bonitas e ao mesmo tempo é muita informação proveitosa”, diz Wellington Cisne, 75, animado com a surpresa que encontrou no passeio matinal. Já Haroldo Capibaribe, 82, que também esteve presente, pausou a caminhada com os amigos para conferir o seu estado físico no stand do Núcleo de Saúde e confessou que a programação poderia ser realizada com mais frequência.

Diva Barreto, do corpo docente de Psicologia, juntamente com alunos do último período do curso, dispôs um espaço de acolhimento e escuta. Nesse stand de aconselhamento psicológico, os acadêmicos buscaram entender as demandas dos sujeitos, com foco nas problemáticas individuais. “A função dos alunos é servir como suporte nesse momento e ajudar essa pessoa a pensar nas opções que podem melhorar aquela questão apresentada”, explica a professora.  Os alunos também são instruídos, caso os pacientes sintam a necessidade, de oferecer os serviços psicológicos além do aconselhamento. No Núcleo Integrado de Saúde – NIS, clínica escola vinculada a Unifanor Wyden, oferece atendimento psicoterapêutico e uma lista de encaminhamento com nome de especialistas para um serviço mais aprofundado. Também no stand da saúde, os discentes de enfermagem, nutrição, odontologia, radiologia e biomedicina ofertavam suas especialidades.

Foto: Reprodução/Unifanor

“Eles realizam as práticas de aferição da pressão arterial e nível de glicose, além de orientações sobre saúde sexual e reprodutiva. Estão orientando quanto ao uso de preservativos e Infecções Sexualmente Transmissíveis- ISTs e, até mesmo, como reconhecê-las”, fala Juliana da Costa Madeira, professora do curso de enfermagem. Os alunos voluntários também ensinaram os cuidados sobre câncer de mama e próstata e distribuíram preservativos. O coordenador do curso de radiologia, Josonildo Costa Moares Rego, acrescenta que a instituição está aberta para a comunidade para realização de radiografia odontológica periapical em casos de necessidade de exames intra-orais.   “Essa ação foi pensada para fomentar o desejo de cuidado do corpo. Costumamos dizer, que é o saber ser e saber fazer, ou seja, o princípio bio-psico- social do ser humano”, esclarece o coordenador.

Ainda no evento, era possível esclarecer dúvidas sobre questões financeiras e dicas de como empreender. “Os alunos de administração disponibilizam assistência financeira, tirando dúvidas a respeito de gestão financeira, formalização do MEI e o projeto Germinar estão orientando pessoas com interesse em fazer compostagem”, elucida Larissa Cavalcante Albuquerque, coordenadora acadêmica dos cursos de negócios. E para aqueles que queriam apenas uma solução para proteger-se dos mosquitos, os alunos da engenharia química apresentaram o projeto desenvolvido por eles: um repelente natural, que além de afastar insetos, possui propriedade hidratante e antisséptica.  “Ele é produzido com uma base de álcool em gel, então é adicionada essência de citronela, responsável pela ação de repelência, e essência de amêndoas que hidrata a pele”, ensina Marconi Cabral, graduando de engenharia química.

A Campanha de Responsabilidade Social encerrou ao final do dia, porém, a comunidade ainda poderá valer-se dos serviços jurídicos e de saúde disponibilizados durante todo ano pela instituição.

Confira no Youtube nossa participação na Mostra! Link para o vídeo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.